O tempo à disposição do empregador e sua remuneração

  • William Marcio Camphorst FADEP
  • Andressa Pereira FADEP

Resumo

Esse artigo tem o objetivo de analisar o “tempo do empregado à disposição do empregador”. Assim, será realizado um estudo sobre o conceito e hipóteses, sendo destacados os requisitos necessários para tanto, e, por fim, os efeitos e remuneração nesse período não trabalhado. O objetivo é a busca de uma conceituação do referido conteúdo, uma vez que atualmente existe uma grande divergência acerca das suas características e requisitos configuradores, que acaba trazendo uma grande divergência em sua aplicação, situação esta que acaba gerando insegurança jurídica no âmbito justrabalhista, e que tem como reflexo o aumento das demandas judiciais.igo tem o objetivo de analisar o “tempo do empregado à disposição do empregador”. Assim, será realizado um estudo sobre o conceito e hipóteses, sendo destacados os requisitos necessários para tanto, e, por fim, os efeitos e remuneração nesse período não trabalhado. O objetivo é a busca de uma conceituação do referido conteúdo, uma vez que atualmente existe uma grande divergência acerca das suas características e requisitos configuradores, que acaba trazendo uma grande divergência em sua aplicação, situação esta que acaba gerando insegurança jurídica no âmbito justrabalhista, e que tem como reflexo o aumento das demandas judiciais.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Advogado, inscrito na OAB/PR 86.588, formado em Direito pela Faculdade de Pato Branco (2012/2016), trabalha no escritório de Advocacia e Consultoria Jurídica Fábio Briskievicz.

##submission.authorWithAffiliation##

Graduanda pela Faculdade de Pato Branco (2013/2017), faz estágio profissional no Ministério Público do Trabalho.

Publicado
30-05-2017
Como Citar
CAMPHORST, William Marcio; PEREIRA, Andressa. O tempo à disposição do empregador e sua remuneração. Revista Jurídica, [S.l.], p. 183-202, maio 2017. Disponível em: <http://revistajuridica.fadep.br/index.php/revistajuridica/article/view/21>. Acesso em: 17 dez. 2017.
Seção
PRODUÇÃO INTERNA (Docentes e Egressos)