POR UMA NOVA INTUIÇÃO DO DIREITO

O PENSAMENTO JURÍDICO E FILOSÓFICO DE TOBIAS BARRETO E SUAS APROPRIAÇÕES NO SÉCULO XX

  • Aruanã Antonio dos Passos

Resumo

O trabalho analisa o pensamento de Tobias Barreto (1839-1889) e suas apropriações nas primeiras décadas do século XX. Compreende-se que a renovação do direito proporcionada pela Escola do Recife, movimento intelectual capitaneado por Barreto, foi o leitmotiv de diversos momentos de ressignificação ao longo do Brasil republicano. Para tanto, discutimos os sentidos atribuídos a sua vida e obra, especialmente nas comemorações de seu centenário de nascimento. A efeméride permite analisar os sentidos e releituras de sua contribuição para a renovação dos estudos filosóficos e jurídicos no Brasil Imperial, além de construir um retrato de sua presença no debate político nacional republicano. Por fim, pretende-se contribuir para a discussão do campo jurídico e filosófico nacional à luz de um de seus pensadores mais originais e marcantes da transição do Brasil Império para a República e que manteve diálogo constante com as principais ideias de seu tempo, de modo especial, as advindas da Alemanha.


 

Publicado
27-09-2018
Como Citar
PASSOS, Aruanã Antonio dos. POR UMA NOVA INTUIÇÃO DO DIREITO. Revista Jurídica, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 72-87, set. 2018. Disponível em: <http://revistajuridica.fadep.br/index.php/revistajuridica/article/view/75>. Acesso em: 19 out. 2018.