OS SENTIDOS DA DIALÉTICA NO PENSAMENTO POLÍTICO DE PLATÃO

  • Cristhian Denardi de Britto

Resumo

No presente artigo procuro identificar os dois sentidos da dialética platônica, entendida a dialética como o método pelo qual Platão considerava devesse ser alcançado o verdadeiro conhecimento, necessário ao desenvolvimento das atividades públicas na polis (“atividade política”). Estes dois sentidos variam conforma as fontes de quem Platão recolhe influência. Num primeiro momento, a influência de Sócrates orienta a compreensão da dialética como diálogo, em que o conhecimento verdadeiro pode ser adquirido através do uso da palavra. Mais tarde, por força da influência do pensamento pitagórico, houve uma mudança de orientação, e a dialética adquire um sentido metafísico, em que o conhecimento verdadeiro somente pode ser alcançado por determinadas pessoas dotadas de uma alma própria, e que tenham logrado desenvolver um profundo estudo. Toda a construção da teoria política platônica leva em conta esta evolução de seu pensamento, no qual são forjadas uma teoria sobre o conhecimento e mesmo uma teoria sobre a alma.

Publicado
06-05-2019
Como Citar
BRITTO, Cristhian Denardi de. OS SENTIDOS DA DIALÉTICA NO PENSAMENTO POLÍTICO DE PLATÃO. Revista Jurídica, [S.l.], v. 2, n. 4, p. 80-97, maio 2019. ISSN 2595-945X. Disponível em: <http://revistajuridica.fadep.br/index.php/revistajuridica/article/view/93>. Acesso em: 19 set. 2019.